A importância da periodicidade na poda de árvores

Entenda por que você deve ter um cronograma para a poda de árvores em sua empresa ou condomínio!

A manutenção de prédios comerciais e residenciais requer muitos cuidados, especialmente no que se refere à poda de árvores. Apesar de essenciais para o meio ambiente e nossa saúde, podem afetar a rede elétrica e causar diversos transtornos.

Para que a natureza não atrapalhe o fornecimento de energia e a vegetação seja preservada, a poda é alternativa mais interessante. Saiba mais a seguir!

Por que podar as árvores periodicamente?

A poda de árvores trata a vegetação retirando galhos fracos ou com má formação. Além disso, é um procedimento que controla o crescimento constante, limpa o ambiente e garante a segurança do entorno.

Não é incomum encontrarmos árvores afetando a rede elétrica, causando danos aos imóveis e até gerando risco à população. Por isso, a poda periódica é fundamental para assegurar a convivência equilibrada entre a vegetação e as construções.

Quais os riscos evitados com a poda de árvores?

Conforme destacamos, a poda de árvores periódica pode eliminar uma série de riscos à sociedade e às construções. Esse é um dos principais motivos para investir nesse procedimento e precisa ser bem compreendido.

Veja as principais situações que podem ser evitadas com a implementação de um cronograma de manutenção das áreas verdes de sua empresa ou condomínio:

  • Interrupção do fornecimento de energia elétrica para o prédio;
  • Curto-circuito e, consequentemente, danos aos aparelhos elétricos;
  • Riscos aos pedestres que circulam pelo local;
  • Redução da eficiência do sistema de iluminação existente;
  • Rompimento de cabos da rede elétrica;
  • Aumento da insegurança, em razão da facilitação da ação de bandidos.

Como fazer a poda de árvores corretamente?

A poda de árvores é um procedimento indispensável para qualquer ambiente que tenha uma área verde, independente da quantidade e do tamanho da vegetação.

Além de influenciar no aspecto estético do local, a manutenção periódica garante a convivência harmônica entre a natureza e o desenvolvimento das cidades — a sustentabilidade. Mas, afinal, como ela deve ser feita?

É interessante lembrar que a prefeitura é a responsável pela poda das árvores situadas em locais públicos e deve legislar sobre o assunto. Por isso, antes de cortá-las, é importante verificar se há algum impedimento ou exigência legal.

Já as árvores dentro de propriedades privadas exigem cuidados, como a escolha do profissional responsável pela tarefa.

Ao contrário do que possa parecer, a poda da vegetação não é simples e exige técnica, preparo e equipamentos adequados. Em razão dos sérios riscos existentes no processo, somente empresas capacitadas devem executá-la.

Isso significa que delegar essa tarefa para o jardineiro ou para um auxiliar de limpeza não é uma decisão segura e produtiva. Por não ter experiência, estrutura e habilidade, ele pode se colocar em risco ao se aproximar da rede elétrica ou subir em escadas, por exemplo.

Além do risco à vida e à saúde do profissional, a má execução do processo pode causar:

  • Interrupção do fornecimento de energia;
  • Curtos e danos aos equipamentos elétricos instalados.

Como a Eletrorede Engenharia pode ajudá-lo?

Com ampla experiência e profissionalismo no mercado, a Eletrorede Engenharia é especializada em engenharia elétrica, hidráulica e combate a incêndio em obras de grande, médio e pequeno porte.

Oferecemos aos nossos clientes serviços de infraestrutura personalizado às suas necessidades, em qualquer parte do território nacional.

Temos uma equipe qualificada e de qualidade comprovada que atua pautada na inovação, segurança e respeito ao meio ambiente. Opera, inclusive, no desenvolvimento de projetos de instalações elétricas que observam a existência de árvores no local e garantem a sua preservação e na manutenção das obras.

Ao longo deste post, você descobriu como é importante cuidar da poda de árvores. Essenciais para a sobrevivência humana, é vital que empresas e cidadãos aprendam a conviver com as áreas verdes, aproveitando todo o seu potencial.

Para isso, desde a construção dos prédios até a manutenção periódica do local, é preciso ficar atento ao crescimento da vegetação e cuidar para que os galhos não afetem a rede elétrica e coloquem em risco a vida e a integridade física dos pedestres.

Quer investir em uma manutenção de qualidade para o seu prédio? Confira 4 motivos para contratar as soluções da Eletrorede!

Como fazer uma boa montagem de infraestrutura elétrica?

Montar uma infraestrutura elétrica não precisa ser um problema. Saiba mais neste post!

Uma boa infraestrutura elétrica é fundamental para o correto funcionamento de uma instalação. No entanto, muitos profissionais têm dúvidas sobre as melhores técnicas e requisitos desse projeto.

A verdade é que ela é considerada um elemento vital para edificações comerciais, industriais, hospitalares e até residenciais, pois liga cabos, equipamentos, sistemas de iluminação e de segurança e de circuito interno de TV.

Diante disso, trouxemos para o blog um post que o ajudará a montar uma infraestrutura elétrica com segurança e eficiência. Acompanhe!

Entenda o funcionamento de uma infraestrutura elétrica

A infraestrutura elétrica é essencial para o funcionamento de toda e qualquer obra. Afinal, inúmeros equipamentos e sistemas dependem dela para operar de maneira eficiente e adequada, uma vez que é composta por diversos itens, como:

  • Eletrodutos;
  • Caixas de passagem;
  • Caixa de medidores;
  • Fixadores para cabos;
  • Bandejas elétricas;
  • Leitos elétricos;
  • Eletrocalhas;
  • Suportes.

Vale destacar que uma instalação elétrica pode ser predial, comercial e industrial. Nesse sentido, as grandes diferenças entre elas são a complexidade das instalações e a potência instalada.

Além disso, elas podem ser divididas em três tipos distintos: instalação em tensão reduzida, instalação de baixa tensão e instalação em alta tensão. O projeto elétrico é que define qual a mais adequada e jamais deve ignorar as necessidades do cliente, sua durabilidade e manutenção.

Por fim, devemos observar que, para que a infraestrutura elétrica cumpra com o seu papel, é indispensável que respeite os requisitos técnicos e normativos para cada uma de suas destinações — daí a importância de um apoio técnico e profissional durante o projeto e execução da obra.

Quais são os principais cuidados antes de montar a infraestrutura elétrica?

Antes mesmo de iniciar a montagem da infraestrutura elétrica, é preciso tomar certos cuidados e investir em algumas estratégicas. Essa precaução inicial reduz as chances de problemas no futuro e garante o bom funcionamento da edificação. Confira!

O planejamento e elaboração do projeto

A primeira providência para garantir o sucesso de uma infraestrutura elétrica é o planejamento. Isso porque o tempo gasto com essa etapa reduz o tempo de execução da obra e proporciona bons resultados.

Dessa maneira, não deixe de elaborar o layout básico, de pensar na locação e aquisição dos equipamentos e máquinas necessárias. Além de, claro, organizar o cronograma de elaboração e execução do projeto da instalação elétrica.

A escolha dos materiais

O segundo ponto que merece sua atenção é a escolha dos materiais que serão usados. Nesse caso, é importante observar se eles cumprem com as normas técnicas e se são de boa procedência.

O mercado está repleto de fabricantes, mas nem todos oferecem produtos de qualidade e segurança. Por isso, pesquise e invista em materiais que tenham o selo do Inmetro, garantia do fornecedor e atendam aos seguintes requisitos:

  • Boa durabilidade;
  • Facilidade de instalação;
  • Manutenção ágil e sem burocracia;
  • Peças de reposição de fácil acesso.

A contratação de uma empresa especializada de confiança

O último fator que não pode ser ignorado é a contratação de uma empresa de engenharia com experiência e credibilidade no mercado. Esse apoio profissional fará toda a diferença antes, durante e após a finalização da obra.

Lembre-se de que a infraestrutura elétrica faz parte do projeto e, por isso, deve ser montada de forma adequada e que garanta uma boa vida útil. Afinal, a qualidade técnica da instalação gera economia a longo prazo e ainda evita transtornos.

Como montar uma boa infraestrutura elétrica?

Depois de todas as informações apresentadas, podemos finalmente falar sobre a montagem da infraestrutura elétrica. No entanto, é preciso lembrar que seguir as dicas anteriores conduzirá a um resultado muito mais satisfatório. Por isso, não pule etapas!

Todo o processo deve ser baseado no projeto elaborado com antecedência pela empresa de engenharia, que detém todos os conhecimentos e informações necessárias para a sua correta execução.

Assim, após analisar o local em que serão realizadas as instalações elétricas e as características de cada rede de alimentação e distribuição, o serviço poderá ser executado dentro de um padrão de qualidade e segurança.

A ideia é montar uma infraestrutura eficiente, econômica, que otimize todo o sistema e que garanta a proteção da edificação, seja ela destinada ao funcionamento empresarial, industrial ou residencial.

Nesse contexto, é essencial que a montagem obedeça às normas técnicas em vigor, como a coleta da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) do profissional responsável e habilitado para comandar o projeto.

Por fim, para que os resultados sejam satisfatórios, recomenda-se que sejam realizados testes em todas as instalações, verificando se os sistemas estão íntegros e aptos a operar sem o risco de curto-circuito, incêndios e danos aos demais componentes.

Como manter o sistema elétrico funcionando corretamente?

Sempre que uma infraestrutura elétrica é montada, espera-se que ela cumpra com o seu papel e opere dentro da normalidade. Afinal, todo o prédio depende de sua eficácia.

Apesar disso, precisamos lembrar que o tempo e o uso contribuem para a deterioração dos equipamentos e materiais, o que pode conduzir a uma perda de eficiência e segurança do sistema.

Para evitar esse tipo de problema, a melhor estratégia é investir em manutenções preventivas periódicas. É durante esses procedimentos que verifica-se o estado das peças e equipamentos, podendo até detectar possíveis falhas no sistema elétrico.

Ou seja, com o simples cuidado de avaliar o estado da infraestrutura elétrica da edificação, consegue-se minimizar consideravelmente os transtornos causados pela ação do tempo e do uso do sistema.

Neste post, você descobriu que montar uma infraestrutura elétrica é assunto sério. Por ser um componente essencial para o funcionamento de edificações, é necessário atenção, experiência e conhecimento para realizar o procedimento. Por isso, não arrisque e invista na contratação de uma empresa especializada e com credibilidade nesse segmento.

A Eletrorede é expert em soluções em engenharia elétrica e pode ajudá-lo com essa tarefa. Entre em contato agora mesmo e elimine essa preocupação em sua obra!

 

 

Tratamento de óleo isolante: o que você precisa saber?

O que você sabe sobre o tratamento de óleo isolante? Leia o post para se informar melhor sobre o assunto!

O óleo isolante é um material fundamental para o adequado funcionamento de equipamentos elétricos, como transformadores, reatores de potência e capacitores. Mas você sabia que é necessário investir no tratamento dessa substância?

Continue lendo “Tratamento de óleo isolante: o que você precisa saber?”

Proteção contra sobrecorrente: tudo o que você precisa saber!

Para garantir a eficiência e a segurança de circuitos elétricos, é importante entender mais sobre a proteção contra sobrecorrente. Confira!

A sobrecorrente é um problema relativamente comum no cotidiano de quem atua com sistemas elétricos. No entanto, precisa ser combatida com seriedade e responsabilidade, já que traz consequências perigosas.

A proteção contra esse tipo de situação deve fazer parte do projeto de instalação elétrica e ser capaz de escolher corretamente o dispositivo adequado para essa função, levando-se em consideração todas as regras e normas para a área.

Se você tem dúvidas sobre o tema ou gostaria de ampliar seus conhecimentos, a hora é agora. A seguir, selecionamos tudo o que é importante saber sobre proteção de sobrecarga e curto-circuito. Confira!

Continue lendo “Proteção contra sobrecorrente: tudo o que você precisa saber!”

Instalações Hidráulicas: tudo o que você precisa saber

Entenda tudo a respeito de instalações hidráulicas e como fazê-las da forma correta em sua obra!

As instalações hidráulicas são uma parte fundamental de qualquer obra, seja construção ou reforma. Se a instalação do sistema hidráulico não for feita de forma correta pode gerar muitos problemas no futuro – especialmente financeiros.

Mas o que exatamente você precisa saber para evitar esses problemas e manter suas instalações hidráulicas em dia!

Continue lendo “Instalações Hidráulicas: tudo o que você precisa saber”

Soluções Eletrorede: 4 motivos para contratar

O que nós da Eletrorede podemos fazer por sua empresa?

Escolher uma empresa de engenharia para executar instalações, manutenções, projetos industriais e de distribuição de energia não é um processo fácil. Nós da Eletrorede sabemos disso.

Existem muitas variáveis em jogo, como segurança dos trabalhadores e qualidade das obras realizadas, por exemplo.

Para te ajudar a tomar essa decisão, separamos 4 motivos do porquê a Eletrorede é a melhor opção para você!

Continue lendo “Soluções Eletrorede: 4 motivos para contratar”

SPDA: Quais são os modelos?

Gaiola de Faraday? Captor Franklin? Qual o melhor modelo para você?

Se você acompanha o nosso blog há algum tempo, já deve estar ciente da importância do SPDA.  Ele é o responsável pela proteção de estruturas contra descargas atmosféricas, evitando e minimizando os efeitos das descargas nos imóveis.

Mas você conhece os modelos de SPDA? Hoje vamos explicar quais são os mais utilizados e como cada um funciona! Continue a leitura para saber mais.

Continue lendo “SPDA: Quais são os modelos?”

4 conceitos da indústria 4.0 que já fazem parte do nosso dia a dia

A indústria 4.0 já está entre nós!

Você provavelmente já ouviu falar da indústria 4.0. Esse conceito que surgiu recentemente, engloba as principais inovações tecnológicas dos campos de automação, controle e análise de dados e TI aplicando-os em processos de manufatura.

Quando pensamos nisso, pode parecer que ela ainda está longe, algo que levará algum tempo para acontecer. Porém, a realidade é que ela já está presente no dia a dia das indústrias atuais.

Separamos os 4 conceitos que já estão revolucionando a rotina das indústrias ao redor do mundo. Continue a leitura para conferir!

Continue lendo “4 conceitos da indústria 4.0 que já fazem parte do nosso dia a dia”

Mudança de Layout: como ela pode ajudar a sua indústria

A organização do layout de sua indústria pode melhorar todos os seus processos!

Mudança de layout pode soar um pouco vago para algumas pessoas. Há quem pense que seja uma questão meramente estética e não estratégica. A palavra mudança também pode assustar.

Mas a mudança de layout industrial não é nada para se ter medo – muito pelo contrário! Ela pode te trazer muitas vantagens, como por exemplo:

  • Otimização da disposição espacial
  • Redução do deslocamento de materiais, pessoas e produtos
  • Melhora na supervisão e controle de qualidade
  • Aumento da segurança no ambiente de trabalho

Continue lendo “Mudança de Layout: como ela pode ajudar a sua indústria”

Energia fotovoltaica: o que você precisa saber sobre sistemas On e Off grid

Qual a diferença entre os sistemas On e Off grid?

A energia fotovoltaica, mais conhecida como energia solar, está em alta já vai fazer um bom tempo. Ela tem sido a opção de muitas pessoas e empresas que se interessam por sustentabilidade. Por se tratar de uma fonte limpa e inesgotável de energia.

Quando falamos da energia solar, existem dois tipos básicos de sistemas: on e off grid. Neste artigo vamos explicar o que você precisa saber a respeito deles! Continue a leitura para conferir!

Continue lendo “Energia fotovoltaica: o que você precisa saber sobre sistemas On e Off grid”